Palmeiras nasceu em 1914 como Palestra Italia, uma expressão da colônia italiana em São Paulo, uma das mais numerosas e importantes da história da cidade. Como Palestra, o time se destacou e virou um dos grandes do futebol paulista, ganhando diversos títulos estaduais e já iniciando uma rivalidade contra o Corinthians.

Em 1942, porém, a Itália lutava aliada à Alemanha nazista e ao Japão na Segunda Guerra Mundial. O Brasil, que entrou no conflito no lado de Inglaterra, EUA e França, passou a perseguir colônias italianas e alemãs, ameaçando tomar propriedades e patrimônios delas. Por isso, o Palestra Itália virou “Palestra de São Paulo”.

Apesar de ser uma palavra grega, os brasileiros “encanaram” com o termo “Palestra”. E foi assim que o Palestra se tornou o Palmeiras, a uma semana de decidir o título do Paulistão daquele ano contra o São Paulo. Foi aí que surgiu a expressão “O Palestra morreu líder, o Palmeiras nasceu campeão”.

Como Palmeiras, o time ganhou o Mundial de 1951 (Copa Rio), a Libertadores de 1999, é o maior campeão brasileiro ao lado do Santos, com oito títulos, é tricampeão da Copa do Brasil, tem 22 estaduais e diversos outros títulos nacionais e internacionais.