Com Jailson expulso, Prass estreia em 2018 e alcança nova marca histórica
Com Jailson expulso, Prass estreia em 2018 e alcança nova marca histórica

Ao entrar em campo contra a Corinthians após a expulsão de Jailson, aos 20 minutos do segundo tempo, o atual camisa 1 do Palmeiras alcançou uma marca expressiva: Prass fez sua 257ª exibição pela agremiação palestrina. Com esse número, o arqueiro superou as partidas do ex-volante Rogério e, automaticamente, se isolou na 45ª posição da lista de atletas que mais a jogaram em todos os tempos – lista essa liderada por Ademir da Guia, com 902 jogos.

Além de agora ser o 45º jogador, de forma isolada, com mais jogos pelo Verdão em todos os tempos, o gaúcho também ocupa uma colocação relevante dentre jogadores que mais atuaram no Século XXI. Neste quesito, Prass fica atrás apenas de São Marcos, com 391 partidas considerando jogos a partir de 2001.

Ao longo de suas partidas no Verdão, o guarda-metas, que chegou no final da temporada de 2012 ao Alviverde e estreou apenas 2013, acumulou outros trunfos curiosos em sua passagem pelo Palmeiras, como de ter superado Emerson Leão e se tornado o jogador da posição com mais partidas disputadas na Libertadores da América – Prass possui 19 duelos no Continental, e neste cenário também fica atrás de Marcos, com 57.

Fernando Prass ocupa ainda a 4ª colocação no ranking de jogadores com mais partidas no Campeonato Brasileiro: foram exatos 100 duelos disputados no Nacional. Apenas Wendel (108), Valdivia (121) e Marcos (169) estão à frente do goleiro nesta lista. E quando o assunto se restringe às vitórias em Brasileirões, Prass salta para a 3ª colocação, com 44 triunfos, atrás também da dupla Valdivia e Marcos (o chileno acumula 44 vitórias, enquanto o eterno santo palmeirense soma 67).

A importância do atual guarda-metas palestrino, entretanto, não se resume a números: ele também foi fundamental para que o Verdão conquistasse os títulos da Série B do Campeonato Brasileiro, em 2013, da Copa do Brasil, em 2015 (inclusive fazendo o gol do título) e do Brasileirão, em 2016.

Fonte: Site Oficial