Home Notícias Lamentando menor tempo de preparação, Andrés admite favoritismo alviverde

Lamentando menor tempo de preparação, Andrés admite favoritismo alviverde

0

A primeira partida da final do Campeonato Paulista entre Palmeiras e Corinthians será disputada neste sábado, a partir das 16h30 (no horário de Brasília), na Arena Corinthians, em Itaquera. Desta forma, o time comandado por Fabio Carille, que eliminou o São Paulo nesta quarta-feira, terá um dia a menos de preparação se comparado ao Verdão, que bateu o Santos na terça. Para o presidente corintiano Andrés Sanchez, um dia a menos para se preparar faz diferença, mas não necessariamente será o fator determinante da decisão.

“Acho que, quanto maior a distância de um jogo para o outro, melhor. Mas não tenho do que reclamar. É o calendário. O Palmeiras também terá um jogo na próxima terça-feira, pela Libertadores, que está marcado há muito mais tempo. É prejudicial, mas não definirá quem vai ganhar ou perder o campeonato”, afirmou o mandatário alvinegro, em coletiva de imprensa concedida nesta quinta-feira, após Conselho Técnico realizado na Federação Paulista de Futebol.

Questionado a respeito de qual das equipes é a grande favorita ao título estadual, Sanches não exitou. Para o presidente do Timão, o rival é o grande favorito da finalíssima. “É um grande clássico. Dentro de campo são 11 contra 11 e vai ganhar quem estiver melhor no dia, embora o Palmeiras seja o favorito”.

Por fim, o presidente garantiu que não haverá treino aberto para a torcida na Arena Corinthians nesta semana, como já aconteceu anteriormente, em treinos que antecederam partidas importantes do time. Embora seja algo que agrade grande parte da fiel torcida, Andrés disse priorizar o pedido do técnico Carille, que considera o período preparatório para a primeira decisão excessivamente curto. “O treinador acha que temos pouco tempo de recuperação, para descansar, dormir e se alimentar direito”, explicou.

Corinthians e Palmeiras não disputam uma final de Campeonato Paulista desde 1999, quando o Timão se sagrou campeão após vencer o jogo de ida por 3 a 0 e empatar o de volta por 2 a 2, em duelo marcado pela confusão nos minutos finais, originada pelas famosas embaixadinhas do atacante Edílson. O ‘Dérbi do século’, como tem sido tratado o confronto desta final de Paulistão, será decidido no dia oito de abril, domingo, às 16h, no Allianz Parque.

Fonte: Gazeta Esportiva

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here