Home Notícias Meias e atacantes marcadores fazem diferença entre Palmeiras e Corinthians

Meias e atacantes marcadores fazem diferença entre Palmeiras e Corinthians

0

Para vencer o Palmeiras no Allianz Parque e conquistar o título Paulista, no tempo normal ou nos pênaltis, o Corinthians precisará de mais ajuda de seus meias e atacantes na marcação no próximo domingo. A colaboração dos jogadores que não são defensores na roubada de bola foi um dos pontos altos do alviverde na vitória por 1 a 0 em Itaquera, no último sábado. E, ao mesmo tempo, uma grave deficiência corintiana.

De acordo com números do site Footstats, os palmeirenses acertaram 20 desarmes certos durante o jogo contra 14 dos corintianos. A vantagem só foi possível graças ao empenho de meias e atacantes, que juntos desarmaram os rivais 11 vezes.

Entre os alvinegros, apenas dois meias desarmaram com precisão: Mateus Vital e Pedrinho, uma vez cada. O que se viu do lado corintiano foi a concentração dos desarmes em Gabriel, que fez seis roubadas de bola. O segundo do time que mais desarmou foi Fagner, com três.

Enquanto isso, os visitantes distribuíram melhor a missão de desarmar. O lateral Marcos Rocha foi o mais eficiente com 4 desarmes. O meia Moisés fez apenas um a menos. Os atacantes Borja, Dudu e Willian e o meia Lucas Lima fizeram dois desarmes cada, mesma marca do volante Felipe Melo, expulso ao final do primeiro tempo. Entre os alvinegros, nenhum dos atacantes (Sheik e Romero) desarmou.

Além de não contribuir para desarmar os rivais, o meia corintiano Rodriguinho foi quem mais perdeu a bola no jogo. Isso aconteceu 11 vezes. Seu número de perda de posse é maior do que o registrado pelos palmeirenses Lucas Lima (5) e Moisés (3) juntos.

Fonte: Blog do Perrone

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here