Foto: Cesar Greco/Palmeiras

O Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro, negou na tarde desta quinta-feira (07), o pedido de Gustavo Scarpa por um mandado de segurança que o autorizasse a firmar contrato com outro clube enquanto briga com o Fluminense na Justiça.

Como o pedido foi negado, o jogador segue vinculado ao clube carioca, com isso, ele terá que esperar sair a sentença da juíza Dalva Macedo, 70ª Vara do Trabalho, para ter uma decisão final.

O jogador não compareceu ao julgamento e foi representado por seus advogados, o relator do caso votou a favor do atleta, mas o Fluminense acabou vencendo por oito votos a três. Scarpa não trabalha desde o dia 16 de março.

Scarpa assinou por cinco anos com o Palmeiras, pelo Verdão ele chegou a atuar em oito partidas e marcou dois gols, ambos na vitória contra o Ituano por 3 x 0, pelo Campeonato Paulista.