Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

O Palmeiras completa neste domingo, dia 26, 104 anos de vida, e como toda boa história de um grande clube, o Verdão conta com grandes contratações ao longo de seus anos de existência. Você sabe quais são os reforços mais caros do clube nesse período?

A começar pela contratação mais cara, o colombiano Miguel Borja, que é o atual artilheiro da equipe na temporada de 2018, com 17 gols, chegou ao Palmeiras em 2017 em uma negociação que movimentou um valor equivalente a 9,8 milhões de euros junto ao Atlético Nacional, ex-clube do camisa 9.

Concorrente de Borja no ataque palestrino, Deyverson chegou ao clube alguns meses depois do colombiano por 5,2 milhões de euros, e é o 4º reforço mais caro da história do Palmeiras, segundo dados do site Transfermarkt, especializado em valores de mercado.

Atual capitão do Palmeiras, o volante Bruno Henrique aparece como a 5ª contratação mais cara – 3,5 milhões de euros. O mesmo valor foi investido na contratação do atacante argentino Cristaldo, em 2014.

Confira a lista das 20 contratações mais caras da história do Palmeiras*:

Miguel Borja (2017) – 9,8 milhões de euros
Wesley (2012) – 6 milhões de euros
Jorge Valdivia (2010) – 6 milhões de euros
Deyverson (2017) – 5,2 milhões de euros
Bruno Henrique (2017) – 3,5 milhões de euros
Cristaldo (2014) – 3,5 milhões de euros
Yerry Mina (2016) – 3,2 milhões de euros
Luan (2011) – 3,1 milhões de euros
Kleber ‘Gladiador’ (2010) – 3 milhões de euros
Luan (2017) – 3 milhões de euros
Dudu (2015) – 3 milhões de euros
Erik (2016) – 3 milhões de euros
Allione (2014) – 3 milhões de euros
Juninho (2017) – 3 milhões de euros
Alejandro Guerra (2017) – 2,9 milhões de euros
Pablo Mouche (2014) – 2,9 milhões de euros
Lucas Barrios (2015) – 2,9 milhões de euros
Hernán Barcos (2012) – 2,6 milhões de euros
Leandro (2013) – 2,5 milhões de euros
Rivaldo (1994) – 2,5 milhões de euros

Da lista das 20 maiores contratações do Palmeiras, seis jogadores estão no elenco atual, enquanto outros quatro jogadores ainda possuem vínculo com o Verdão, mas estão emprestados para outras equipes.

*Dados do site Transfermarkt.

Fonte: Torcedores.com