Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

O Palmeiras está completando 104 anos de histórias neste domingo. O Verdão viveu até o momento em 2018 mais um ano de altos e baixos, crises e clima quente politicamente já que é ano de eleição no Palestra.

No começo da temporada, a diretoria apostou em Roger Machado para ser o comandante da estrelada equipe, que passou em branco o ano de 2017 em relação a títulos e precisava de uma conquista na temporada de 2018.

O primeiro semestre ficou sem título algum, mas a melhor campanha na fase de grupos da Libertadores era o que sustentava Roger no Alviverde, mesmo que o time oscilasse e demonstrasse pouca ou quase nenhuma evolução.

A mudança de treinador foi necessária no clube. Assim como em outros anos, o comandante que começou a temporada deixou a equipe. E para o lugar de Roger, Felipão foi contratado.

Com história de sobra no Palmeiras, Luiz Felipe Scolari dividiu opiniões de palmeirenses, mas suas primeiras semanas da 3ª passagem agradaram. O time mudou. Com outra atitude, passa mais confiança, busca vitórias e não sofre gol.

SONHANDO COM O MUNDO

Contratado pensando no mata-mata da Libertadores e da Copa do Brasil, Felipão não escondeu que a prioridade são os torneios eliminatórios. Em uma de suas coletivas, o comandante deixou claro que dentro do clube se pensa em uma grande conquista como a Libertadores para levar o Verdão novamente ao Mundial de Clubes:

“Quando fui contratado falamos muito disso (da Libertadores). Uma das situações era que estamos disputando Libertadores, Copa e Brasileiro. Temos boas condições. Com a estrutura que hoje o Palmeiras oferece, nos dá condição de pensar em uma Libertadores e depois Mundial. Esse foi meu primeiro pensamento. Dá pra pensar em ir longe.”

Condições para buscar os principais títulos o Palmeiras tem já que tem um dos melhores elencos do país, e administrativamente caminha bem. O que faltava, até o meio do ano, era acertar o futebol do time, que tem um desempenho melhor com Felipão.

A equipe ainda está em três disputas na temporada. 5º colocado do Brasileirão, o o Palestra ainda está com chances de título já que o segundo turno está em seu início. Os comandados de Scolari ainda têm a Copa do Brasil, na qual está nas semifinais, e a Copa Libertadores, prioridade da temporada e que está nas oitavas de finais.

O próximo desafio do Palmeiras em busca de uma temporada histórica será um confronto direto em uma das competições. Contra o Inter em Porto Alegre, terá a chance de se aproximar mais um pouco da briga pelo título já que o Colorado é o vice-líder.

Fonte: Torcedores.com