O Palmeiras treinou com novidades na tarde desta segunda-feira. Em atividade de reapresentação após o duelo com o Flamengo, Artur e Marcos Rocha reforçaram o elenco na Academia de Futebol e se mostraram recuperados de problemas físicos.

O lateral sofreu uma lesão na panturrilha direita no clássico contra o São Paulo, no Morumbi, dia 6 de outubro. O prazo inicial era de até um mês de recuperação, mas nesta segunda-feira o camisa 2, ainda sem calçar chuteiras, fez exercícios físicos no gramado e mostrou que poderá estar à disposição para o jogo de sábado, contra o Santos, no Allianz Parque.

Já Artur trabalhou com bola junto dos companheiros pela primeira vez desde a operação que fez no antebraço, em virtude de uma fratura no rádio ocorrida durante treino em Belo Horizonte, no dia 24 de setembro. Desde então, o jovem vinha fazendo apenas treinos físicos à espera de que a fratura fosse consolidada.

Além da dupla, os garotos Luan Cândido, Gabriel Furtado, Papagaio, Matheus Rocha e Yan também reforçaram os atletas que não foram titulares contra o Flamengo, sábado, no Maracanã. Já s jogadores que atuaram mais de 45 minutos contra o Rubro-Negro fizeram o trabalho de recuperado física na parte interna do Centro de Excelência.

O Verdão faz um novo treinamento na Academia de Futebol na tarde desta terça-feira. A ideia da direção palestrina era de que a atividade acontecesse no Allianz Parque e fosse aberta ao público, mas o regulamento da Copa Libertadores da América não permite a utilização do gramado de jogo antes das partidas.

O jogo de volta da semifinal da Libertadores acontece nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), contra o Boca Juniors, no Allianz Parque. Para chegar à final, o Verdão precisa reverter a vantagem dos argentinos, que venceram por 2 a 0 na Bombonera. O gol como visitante serve como critério de desempate.

Fonte: Gazeta Press