Crédito: Jales Valquer/ Fotoarena

Com Vinicius Junior ganhando espaço aos poucos no time principal e Rodrygo prestes a chegar, o Real Madrid segue de olhos nas jovens promessas brasileiras. De acordo com o jornal madrilenho “As”, o clube merengue vem monitorando de perto ao menos seis jogadores de Flamengo, Palmeiras e Santos.

São eles o atacante Vitor Gabriel, de 18 anos, do Flamengo; o meia Alan, de 18 anos, do Palmeiras; o atacante Yuri Alberto, de 17 anos, do Santos; o atacante Yuri Cesar, de 17 anos, do Flamengo; o meia Kaio Jorge, de 16 anos, do Santos; e o atacante Gabriel Verón, de 15 anos, do Palmeiras.

Sobre Vitor Gabriel, o jornal o descreve como um jogador “potente, com liberdade para criar, muito caráter e decisivo dentro da área”. Lembrou que o garoto foi um dos destaques do Flamengo na última Copinha e cravou que ele deve receber chances no time principal em breve.

Alan, por sua vez, foi “um dos parceiros de Vinicius Junior na seleção brasileira sub-17”, discorre a notícia do “As”. É descrito como “pequeno, mas de muitíssima qualidade, do estilo de Diego e Philippe Coutinho”.

Já Yuri Alberto, lembra o “As”, surgiu junto com Rodrygo no Santos e tem “o perfil de um legítimo camisa 9”, embora lhe falte “qualidade com a bola nos pés”. Recebeu algumas chances no profissional, inclusive em jogos de Libertadores, e fez até gol na Copa do Brasil.

Alan, meia do Palmeiras que estaria sendo observado pelo Real — Foto: Felipe Zito

Alan, meia do Palmeiras que estaria sendo observado pelo Real — Foto: Felipe Zito

Yuri Cesar, do Flamengo, “é o substituto natural de Vinicius Junior: rápido, ágil, escorregadio e gosta de partir para cima da marcação pela esquerda”. Tem 17 anos, mas ainda não estreou no time principal.

O diário espanhol descreve Kaio Jorge, do Santos, como um jogador “muito forte fisicamente para a idade que tem, que protege bem a bola, tem boa finalização e sabe trabalhar de costas para a marcação”.

O caçula dos seis é Gabriel Verón, de apenas 15 anos. Segundo a notícia, uma equipe do Real Madrid assistiu da arquibancada à final do Mundial de Clubes da categoria realizado em Madri, em junho. O brasileiro fez dois gols e foi eleito o melhor da partida. “Potente, boa perna direita e sempre intuitivo na cara do gol”.

Fonte: Globo Esporte