Palmeiras diz não novamente para a Globo; Crefisa é avisada
Palmeiras diz não novamente para a Globo; Crefisa é avisada

O Palmeiras voltou a dizer não para a TV Globo sobre o contrato de transmissão na TV aberta. O clube não aceitou o que a emissora propôs.

A Globo inseriu no contrato um redutor de 15% em cima do valor total. Essa porcentagem seria uma espécie de “multa” pelo clube ter assinado com o canal Esporte Interativo pela transmissão dos jogos no PPV. Ao ler o documento, Maurício Galiotte, presidente, negou na hora a assinatura. Além disso, avisou Leila Pereira, dona da Crefisa, que o Palmeiras estará fora das transmissões da TV Globo.

O Atlhetico também não aceitou a proposta. Ambos os clubes não devem mais se acertar com a Globo.

Sem acerto

A falta de acerto entre Palmeiras e Globo pode respingar direto no torcedor alviverde. Pode ser que algumas partidas não tenham transmissão pela TV, somente pelo rádio. As conversas estão acontecendo desde 2018 e não encaminharam para uma solução. O Palmeiras, que não precisa adiantar recursos, quer receber o que acha que tem que receber. Já a Globo quer “punir” o clube por causa da negociação fechada com a Turner, dona dos canais Esporte Interativo (que não existem mais). As partidas em PPV serão transmitidas entre os canais TNT e Space, também de propriedade da gigante americana.