Crédito: Getty Images

Garoto sensação das categorias de base do Palmeiras, Gabriel Jesus explodiu em definitivo com a camisa do Alviverde em 2016, ano do eneacampeonato brasileiro. Apesar de ter conquistado a Copa do Brasil em 2015, o menino de ouro do Parque Antártica despertou o interesse do futebol europeu no ano seguinte. Vendido ao Manchester City no meio do ano após pedido pessoal de Pep Guardiola, o garoto quase teve um destino bem diferente.

Em entrevista ao diário Libero Quotidiano, da Itália, Massimiliano Mirabelli, antigo diretor de futebol da Inter de Milão, contou que teve uma reunião com dirigentes do Palmeiras e chegou a oficializar uma oferta de 20 milhões de euros, quase R$ 100 milhões. Mas, a negociação não se concretizou.

“Fui ao Brasil para observar o Gabriel Jesus. No final da partida, tive a oportunidade de conversar com os dirigentes e com o próprio atleta. Voltei para a Itália com uma proposta de R$ 20 milhões, mas demoraram muito para tomar uma decisão e o Manchester City entrou na disputa”, relembrou o dirigente.

Na época, o FOXSports.com.br confirmou com o estafe do atleta que a Juventus também tinha interesse no atacante. Fabio Paratici, diretor do time italiano, confirmou à reportagem que tinha interesse no garoto do Palmeiras. Porém, no dia 3 agosto de 2016, foi concretizada a venda do atacante ao futebol inglês por R$ 121 milhões.

Fonte: FOX